Pussy Power Hat, símbolo da Marcha das Mulheres, integra a colecção do Victoria and Albert Museum

No dia 21 de Janeiro – um dia depois da inauguração de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos da América – as mulheres marcharam em direcção a Washngton DC, um protesto que se alastrou por toda a América do Norte bem como o resto do mundo. Na maré de pessoas que saíram à rua, surgiram estes pequenos gorros de malha – um trabalho criado por Jayna Zweiman, de Los Angeles e co-fundadora do Pussyhat Project, que incitou as mulheres a usarem o pequeno gorro para criar uma “maré de cor-de-rosa”, uma forma de protesto visual e solidariedade para com os direitos das mulheres por todo o mundo.

O Pussyhat Project foi iniciado por Krista Suh e Jayna Zweiman pouco depois do resultado das eleições presidenciais dos Estados Unidos, em 2016. Aliadas a Kat Coyle, dona de uma loja de lãs chamada Little Knittery, as três incitaram as mulheres a criarem o seu próprio Pussyhat e a usarem-no durante a marcha. O formato das orelhas de gato deve-se à polémica gravação, revelada ainda durante a campanha eleitoral, onde Donald Trump, no programa Access Hollywood, se gaba de assédio sexual cometido a mulheres, utilizando a expressão “grab them by the pussy”.

Num desejo de actualizar a sua colecção face aos desenvolvimentos sociais e políticos do mundo, o Victoria and Albert criou o projecto Rapid Response Collecting, que resulta da aquisição de objectos que sejam identitários da situação social e política vivida. Por esta razão, decidiu o museu adquirir o pequeno chapéu e integrá-lo na sua colecção . De acordo com Corinna Gardner, responsável pelo departamento de Design, Arquitectura e Digital:

The Pussyhat is an important acquisition for the V&A in the context of the Museum’s Rapid Response Collecting project. The items we collect are evidence of social, political and economic change, and as a group they form a permanent legacy of objects that help visitors and researchers make sense of the world we live in today. This modest pink hat is a material thing that through its design enables us to raise questions about our current political and social circumstance. Worn by thousands across the globe on 21 January 2017, the Pussyhat has become an immediately recognisable expression of female solidarity and symbol of the power of collective action.

Mais de quatro 4 milhões de pessoas em 600 cidades diferentes juntaram-se ao protesto no dia 21 de Janeiro, muitas usando o pequeno gorro cor-de-rosa.

Outras aquisições do projecto Rapid Response Collecting incluem o burkini, a bandeira desenhada para a primeira equipa olímpica de refugiados a competir nas Olimpíadas de 2016 e um folheto de apelo ao voto pelo Brexit durante o referendo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s